E-commerce Marketing Digital

Quais mudanças reais esperar para os próximos anos no universo do varejo?

O mundo está em constante mudança, impulsionado principalmente pelos avanços das tecnologias. E isso, é claro, também tem impactado a forma como consumimos – e a maneira como o varejo se organiza e se posiciona para os clientes.

Os primeiros sinais dessas mudanças já estão sendo sentidos principalmente nos Estados Unidos. Por lá, neste ano, mais de 3.200 lojas físicas já fecharam. E o motivo não é nenhuma crise econômica ou política, mas sim o avanço das lojas virtuais, que têm feito com que muitos empresários sintam essa concorrência.

Até mesmo o poderoso Walmart se viu ameaçado, graças ao crescimento expressivo da Amazon, que pela primeira vez em muitos anos começou a figurar nas listas dos varejos mais lucrativos do mundo.

Para não ficar para trás, é preciso entender as mudanças reais do varejo para os próximos anos – e, claro, estar preparado para elas. Continue a leitura e saiba tudo sobre esse assunto.

 

O avanço e o poder dos e-commerces x a mudança do padrão de consumo

Segurança-Total-2É inegável o poder que a internet tem na nossa sociedade atualmente. Com a chegada dos smartphones isso se tornou ainda mais perceptível, afinal, estamos o tempo todo conectados.

Dessa forma, é claro, que o nosso padrão de consumo e a forma como nos relacionamos com as empresas também se modificou. Hoje é muito comum que, antes de comprarmos algum item, pesquisemos sobre ele na internet.

Se você quer comprar um celular, por exemplo, normalmente fará uma pesquisa antecipada na internet, buscando encontrar reviews de outros usuários, comparativos dos modelos, experiências de outros consumidores e, claro, promoções na web.

As pessoas não têm mais tanto tempo para se deslocarem até as lojas físicas e muitas vezes o fazem apenas para “experimentar” o produto, mas acabam comprando o mesmo em uma loja virtual, que costuma apresentar melhores condições de pagamentos ou até ofertas diferenciadas.

Com o avanço da internet, as pessoas passaram a perder o medo de comprar nas lojas virtuais, até mesmo preferindo a comodidade de poder comprar a hora que quiser e de onde desejar, recebendo todos os produtos em casa.

 

social-media-metricasAs principais tendências para o varejo nos próximos anos

Não é à toa que todas essas mudanças têm feito com que grandes varejistas comecem a se preocupar e a tentar “modernizarem” suas lojas, oferecendo mais comodidade aos seus clientes e uma experiência de consumo diferenciada.

Por isso, algumas tendências são apontadas pelos especialistas como pontos de atenção para os próximos anos. E se você deseja continuar mantendo (ou até aumentar) a sua lucratividade, é bom ficar de olho nelas. Confira.

 

Omnichannel

Essa talvez seja uma das maiores evoluções quando falamos no mundo do varejo, ofertando experiências diferenciadas e muito mais comodismo aos clientes. Assim, a tendência é que o seu consumidor possa, por exemplo, pesquisar por um produto na sua loja virtual, fazer a compra pelo aplicativo da sua loja e retirar o produto em uma das suas lojas físicas.

Oferecer mais opções de canais de compra e integrá-los é uma maneira interessante de melhorar a experiência de consumo do seu cliente, evitando, por exemplo, que a sua loja física e a sua loja virtual ofereçam preços e condições de pagamento diferentes.

 

Realidade Virtual

Ter uma loja virtual, mas não oferecer uma experiência mais completa ao seu cliente também não será um diferencial nos próximos anos. Por isso, muitas empresas já estão investindo na realidade virtual.

Assim, seus consumidores poderão, por exemplo, visitar a sua loja virtual como se fosse um espaço físico real, analisando os itens comercializados mais de perto.

 

Loja física apenas como “mostruário”

Como a realidade virtual ainda é uma tecnologia mais cara e pouco acessível, alguns varejistas estão criando uma opção diferenciada: uma loja física que funciona apenas como um mostruário dos seus produtos.

Assim, os seus clientes podem tocar, experimentar e sentir os seus produtos, escolhendo os que mais lhe agradam e depois fazendo a sua compra virtualmente, pelo seu site ou aplicativo e recebendo tudo em casa.

Um exemplo disso aqui no Brasil é o próprio Magazine Luíza, que, inclusive, vem inovando bastante e usando as tendências tecnológicas para diferenciar a sua marca.

 

Dash Buttons

Lá fora, quem começou com essa ideia foi a Amazon, e hoje ela já aparece até aqui no Brasil, com a Ultragás. A ideia é que o consumidor não precise mais ir até o computador ou o smartphone para fazer suas compras, bastando acionar um botão na sua casa para que, automaticamente, sejam requisitados mais produtos como àquele diretamente pelo site da empresa.

Além dessas, existem muitas outras tendências que têm auxiliado os varejistas a se destacarem, compreendendo melhor as necessidades dos seus clientes e oferecendo uma experiência de consumo muito mais completa.

Você gostou desse conteúdo? Então compartilhe o nosso post nas suas redes sociais e ajude os seus amigos empresários a ficarem por dentro das tendências do mercado!

 

Fale conosco. Nós podemos ajudar para que seu negócio atinja melhores resultados!

Preencha o formulário abaixo e entraremos em contato.[ninja_forms id=20]

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *