Blog Google AdWords Link Patrocinado remarketing

O que é remarketing e por que você deveria se atentar a ele?

Pode ser que você nunca tenha ouvido a expressão “remarketing”, mas ao navegar pela web certamente já tenha sido alvo dela. Considerada, hoje, uma das mais eficientes ferramentas do marketing digital, o remarketing é uma tendência que pode ajudar você a ter resultados muito mais expressivos.

Se você não tem ideia do que é remarketing e nem de como aplicá-lo às suas campanhas de marketing digital, continue a leitura e descubra tudo sobre esse termo.


O que é remarketing?

O remarketing, também conhecido como retargeting, é uma função disponível no Google Adwords e que permite disparar anúncios para um visitante que já deixou o seu site, em outros domínios parceiros da rede.
Isso acontece da seguinte forma: quando um visitante navega no seu site, ele acaba sendo “marcado” com um cookie, que fica gravado no computador desse visitante.
Esse cookie será o responsável por ampliar a exibição de anúncios quando o usuário visitar outros sites ou blogs que também exibem anúncios do Google.

remarketing-google
Está difícil? Pois veja como, com certeza, você já foi alvo do remarketing.
Você está navegando na rede, visita um site sobre marketing digital e, mesmo depois de sair desse domínio e passar a visitar outras páginas, constantemente você é “bombardeado” de anúncios referentes ao site que você visitou inicialmente (seja com eventos relacionados ou até com produtos e soluções).

Além dos produtos diretos, uma tendência atual é usar o remarketing para oferecer conteúdos ricos. Por exemplo, se você visitar um blog sobre empreendedorismo, a ferramenta de remarketing poderá passar a indicar para você anúncios para baixar e-books ou participar de webinars gratuitos relacionados a esse tema.

 

Por que o remarketing é importante?

Ainda não está convencido de que o remarketing é uma ferramenta assim tão atrativa? Pense que, nem todos os seus leads, ao acessarem a página do seu evento ou do seu produto, por exemplo, estão convencidos de fazer a compra – ou ainda resolvem fazê-la em outro momento.

Caso ele não seja exposto a esses anúncios, corre-se o risco de que o lead “esqueça” da sua oferta e acabe optando por outros da concorrência ou sequer feche a venda.

Porém, com a exposição constante, o tempo todo ele é lembrado sobre sua proposta e acaba se tornando mais “tentado” a fechar negócio com você. É como diz aquele ditado bem conhecido “água mole em pedra dura, tanto bate até que fura”.

O remarketing pode não ser uma boa estratégia para aqueles clientes que ainda estão na fase de descoberta do seu produto ou da sua empresa, mas é extremamente importante para os leads mais indecisos ou que têm o hábito de deixar para decidir mais tarde, o que acaba nunca acontecendo.

 

Formas de usar o remarketing: rede de display, rede de pesquisa e Facebook

Dentro dos anúncios do Google Adwords, existem duas opções de uso do remarketing: nas redes de display e na rede de pesquisa.

As redes de display são todos os sites parceiros que oferecem um espaço dentro do seu site para a divulgação dos anúncios pagos. E é nestes espaços que aparecem as divulgações dos banners de quem utiliza o remarketing.

Além dessa opção, você também poderá usar a rede de pesquisa, que são aqueles anúncios disponíveis na página de resultados do Google. Além do próprio mecanismo de busca do Google, também fazem parte da rede de pesquisa o Google Shopping, o Google Maps, o Google Images e os grupos do Google.

Mas, atenção, porque o formato dos anúncios na rede de pesquisa é diferente, semelhante ao anúncio do Adwords padrão, com texto limitado e sem a possibilidade de uso de imagens e banners.

Outra opção bem interessante é o remarketing no Facebook, que funciona de modo semelhante à feita na rede de display, com anúncios aparecendo dentro da rede social, tanto no feed de notícias do usuário, como na barra lateral. No Facebook, o remarketing é feito através de empresas parceiras.

Definir a melhor forma de remarketing dependerá muito da sua estratégia e da realidade do seu negócio. O ideal é sempre pesquisar bastante antes de tomar qualquer decisão e ir experimentando formatos diferentes, medindo a eficácia de cada um deles.

 

Quais as vantagens do remarketing?

Ainda não está convencido de que o remarketing é uma boa ideia para a sua estratégia digital? Confira algumas vantagens dessa ferramenta:

  • alcance de clientes no momento em que eles estão mais propensos a comprar;
  • “ajuda” que pode ser decisiva para os consumidores indecisos e que abandonaram o carrinho de compras, por exemplo;
  • público-alvo mais personalizado;
  • o remarketing é mais focado que os anúncios tradicionais do adwords;
  • é fácil de usar e possui um ROI significativo;
  • visibilidade antecipada dos locais onde seus anúncios serão exibidos;
  • sistema de preços eficiente.

 

Dicas importantes para uma boa campanha de remarketing

  • Trabalhe com anúncios específicos para cada público, afinal, quanto mais focado no objetivo do usuário, maior a taxa de conversão. Por exemplo, se um usuário navegou buscando por um produto específico do seu site, mostre anúncios relevantes sobre esse item, mas com descontos interessantes.
  • Use boas landing pages ou redirecione seus anúncios para páginas coerentes no seu site. Se você enviou no anúncio uma promoção para o produto X é imprescindível que o usuário seja redirecionado para a página de compra desse produto, e não para a sua home.
  • Evite o excesso de exibições para um só usuário, já que você poderá acabar passando uma imagem negativa do seu negócio e se tornar uma empresa “chata” e abusiva.
  • Sempre acompanhe as métricas. Como em tudo no marketing digital, trabalhar com “achismos” não é uma boa ideia e fará apenas com que você perca tempo e dinheiro, sem ter nenhum retorno eficiente.
  • Pense bem nas imagens que você irá usar, já que é extremamente necessário que elas façam sentido e sejam condizentes com as preferências do usuário.
  • Também é possível usar a ferramenta para atingir aqueles clientes que já compraram de você nos últimos 30 a 90 dias, oferecendo produtos semelhantes aos que ele comprou ou visitou no seu site.

E, então, agora que você já sabe o que é remarketing, já está convencido da importância dessa ferramenta para as suas estratégias digitais? Se você quer começar a usar o remarketing hoje mesmo, venha conversar com um dos nossos consultores e descubra como podemos ajudá-lo!

[ninja_forms id=20]

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *