Conteúdo inbound marketing Marketing de Conteúdo Marketing Digital Responsivo Social Media Usabilidade

7 tendências de marketing digital para ficar de olho em 2017!

Se você acompanha o setor de marketing, já deve ter notado que entra ano, sai ano e novas tendências começam a aparecer. No meio digital isso não é diferente e está associado principalmente às alterações nos algoritmos das redes sociais, dos mecanismos de pesquisas e nos avanços tecnológicos.

Para este ano, a sua meta é melhorar as suas estratégias digitais? Então veja as principais tendências de marketing digital 2017 para você ficar de olho!


1 –
 Marketing de conteúdo
Ok, o uso do marketing de conteúdo não é nenhuma novidade, mas nesse ano a expectativa é que seu uso seja ainda mais amplo e importante.

Aliás, de acordo com as previsões do setor, a expectativa é que esse segmento continue em alta para os próximos anos – seguindo o que já tem acontecido em outros países.

Além dos blog posts, o marketing de conteúdo marcará presença também em conteúdos em vídeo, materiais ricos e no e-mail marketing (que também é uma das tendências de marketing digital e que falaremos a seguir).

2 – Predominância dos mobiles
O uso da internet nos smartphones é uma tendência mundial cada vez mais crescente, e por isso as estratégias de marketing devem se adaptar a nova realidade.

Sites responsivos são exigências do mercado, além do aumento de aplicativos relacionados a empresas e eventos, e conteúdo voltado exclusivamente para esse tipo de acesso.

Nas suas estratégias, lembre-se de dar preferência a sites e materiais mais leves e fáceis de carregar, que possam ser acessados de qualquer velocidade de conexão (inclusive 3g) e que consigam ser visualizados em qualquer tamanho de tela.

3 – Remarketing
O remarketing também não é nenhuma estratégia recente, mas a cada ano ele vem sendo mais utilizado pelas empresas – e deve ser ainda mais forte nesse 2017, aliando-se ao marketing de conteúdo.

O termo remarketing consiste no uso de anúncios em páginas, sites e e-commerces visando estimular o retorno do cliente a determinado domínio, a partir de dados e informações que ele já pesquisou.

As estratégias de remarketing em 2017 são bem semelhantes à do remarketing tradicional, mas a diferença é que ao invés do usuário ser redirecionado a uma página de compras, ele será enviado para os melhores conteúdos do seu site, como e-books, webinars, podcasts e outros.

4 – E-mail marketing
Como adiantamos lá em cima, o e-mail marketing também ganha força nesse ano, sendo um dos principais aliados do marketing de conteúdo e das tendências de personalização da comunicação com seus leads.

Se, há alguns anos, o e-mail marketing era visto apenas como uma espécie de “mala direta online”, hoje ele é usado de forma a segmentar seus leads e clientes, nutrindo-os constantemente com informações e promoções que sejam do seu interesse.

Esse contato mais direto e focado é um dos pilares das estratégias de inbound marketing, e ajuda a aumentar as vendas e a melhorar o relacionamento com os clientes.

5 – Compra multicanal
Com a ascensão do uso do mobile, é natural que as empresas tenham de oferecer mais possibilidades de compra do que apenas os pontos físicos ou os sites de e-commerce.

A tendência é que haja uma “fusão” de várias possibilidades, como aplicativos específicos das empresas, integração por meio das redes sociais e outras maneiras.
A ideia é de que o consumidor possa, por exemplo, fazer seu pedido de produto via aplicativo, pagar no caixa da loja física e retirar o produto imediatamente, sem ter de esperar o período de entrega.

Quanto mais fácil for para o cliente consumir, maiores serão os números de venda.


6 – Programas de fidelização
O marketing de relacionamento é outro que existe há bastante tempo, mas com a fortificação das estratégias digitais, ele tem se tornado cada vez mais segmentado e eficiente, sendo, muitas vezes, o ‘divisor de águas’ entre optar por essa ou aquela empresa.

Com tantas plataformas disponíveis, as empresas deverão começar a se relacionar melhor com seus clientes, ouvindo suas demandas e trabalhando de forma a oferecer produtos e serviços que realmente superem suas expectativas.

Além do SAC tradicional, a tendência deverá ser realizar atendimentos via redes sociais (como o chat do Facebook, o feed do Twitter ou o Whatsapp) e ainda ter um SAC ativo, enviando materiais instrutivos para quem acaba de fechar compras, por exemplo, e oferecendo conteúdos ricos que ajudem nessa educação da clientela.

Os programas de fidelidade também devem mudar, se tornando mais atrativos para esse novo consumidor e englobando as formas de consumo multicanal, inclusive com campanhas nas redes sociais promovendo o engajamento com as marcas.

7 – Branding Digital
Nunca a palavra “branding” esteve tanto na boca e na mente das pessoas. E isso se deve principalmente a mudança da postura do consumidor, que passou a ser muito mais ativo e pesquisar informações sobre as empresas antes de fecharem negócio.

Isso significa que as marcas precisam investir na sua identidade e na divulgação dos seus valores se quiserem “sobreviver”. Não vale mais simplesmente ter o melhor ou o mais barato produto, é preciso agregar valor.

As pessoas querem consumir de marcas que tenham propósito e que existam por motivos distintos que apenas o lucro, com o fortalecimento do viés da sustentabilidade e do auxílio aos menos favorecidos.

É preciso usar os meios digitais de forma correta, comunicando seus públicos-alvo sobre quem é a sua marca e porque consumir dela pode ser uma boa forma de ter uma postura ativa na sociedade.

Essas são as 7 principais tendências de marketing digital 2017 para você ficar de olho. Gostou de saber mais sobre elas? Já está usando alguma nas suas estratégias? Se você quer aplicá-las a sua empresa, venha conversar com um dos nossos consultores.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *